A RecordTV segue dando andamento à produção da novela Gênesis e na última quarta-feira, 06 de janeiro, decidiu demitir o ator Arthur Aguiar, que faria o papel de José do Egito, supostamente por insubordinação.

Com histórico problemático, Arthur Aguiar se converteu ao Evangelho em setembro de 2020 e posteriormente se submeteu ao batismo nas águas. Ele havia sido escalado pela emissora do bispo Edir Macedo para o importante papel na nova “novela bíblica”, mas problemas de relacionamento com a equipe de produção o tiraram do projeto.

A notícia sobre sua demissão foi publicada inicialmente pela jornalista Fábia Oliveira, especializada em celebridades e TV, no portal O Dia. O contrato foi rompido unilateralmente, com pagamento de multa, por parte da Record, que considerou que Arthur Aguiar não se submetia às exigências para o papel e tumultuava os bastidores da produção.

“A coluna soube que o ex-marido de Mayra Cardi recebeu uma bronca por chegar atrasado, não cortar os cabelos, não fazer a barba nem provar o figurino na data previamente combinada. Além disso, Arthur não tinha decorado o texto do seu personagem, José de Egito, conforme o roteiro de gravações dele previa para a última segunda-feira e que também era difícil ele aceitar ordem da equipe da novela bíblica”, contextualizou Fábia Oliveira.

Antes da demissão, houve uma reunião entre o ator e os diretores da emissora, que teriam dado um “sermão” por conta dos problemas causados por ele entre os colegas. “Ele teve que ouvir em alto e bom som que não era insubstituível e outras palavras bem pesadas. O ator espumou de ódio e ficou tão vermelho que poderia ter sido escalado para ser o próprio Lucífer [sic] da trama se continuasse no local. Mas, ele foi embora pisando firme”, acrescentou a jornalista.

Nas redes sociais, o ator afirmou que a matéria de Fábia Oliveira é “totalmente mentirosa”, e que “não houve discussão, bate-boca” entre ele e os diretores da Record. “As pessoas que trabalham na emissora são muito educadas, e jamais fariam aquilo que você colocou [na matéria]”, disse ele em um Stories de sua conta no Instagram.

Ele começou a carreira na RecordTV na novela Rebelde. Aos 31 anos, já passou também pela TV Globo e sofreu acusação de cometer abusos psicológicos contra a ex-mulher, Mayra Cardi, devido às diversas traições que ela teria descoberto antes do divórcio.

Ator evangélico que atuaria na novela Genesis é demitido da Record
Ator usou o Instagram para negar versão de insubordinação





Gospel Mais

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here