O pastor Rick Warren fez um breve balanço de 2020 em uma entrevista e afirmou que as provações são parte da jornada cristã e terminam por impulsionar o crescimento da Igreja de Cristo.

À revista Relevant, Warren – que lidera a Saddleback Church, uma megaigreja na Califórnia (EUA) – declarou que a pandemia do novo coronavírus se tornou uma questão controversa para a maioria das igrejas porque muitas dessas congregações limitaram suas atividades aos cultos de domingo.

“COVID revelou uma fraqueza fundamental na Igreja. A maioria das igrejas tem apenas um propósito: adorar. E se você tira a adoração, você não tem nada. Eles estão com pressa para voltar a adorar porque isso é tudo que eles têm”, avaliou.

Rick Warren também lamentou que a política tenha se tornado uma parte primordial do debate entre os evangélicos: “Os cristãos hoje carecem de discernimento bíblico. Eles estão tomando decisões com base em valores políticos ao invés de valores bíblicos. Esse é um problema real. A eleição inteira, independentemente de quem você votou, revelou que a maioria dos cristãos não têm uma cosmovisão bíblica. Eles não votam de uma cosmovisão bíblica. Eles votam de uma visão de mundo política. Sua identidade vem principalmente da política. É partidário”.

“Todo ditador morre. Todo presidente sai do cargo. A Igreja continua. Temos um reino inabalável. O que somos chamados a fazer não tem relação com quem é eleito. Já disse muitas vezes: não é quem colocamos na Casa Branca, é quem colocamos na cruz que realmente é nosso salvador. Nenhum político vai nos salvar. Eles nunca vão”, exortou o pastor.

A adversidade vivida ao longo de 2020, de abrangência global, foi avaliada por Rick Warren como um cenário de oportunidades para a Igreja de Cristo: “As pessoas não voltam para Deus nos bons tempos. Vá ler Juízes. Vá ler toda a história de quando as coisas estão ruins, então voltamos para Deus”.

“Lembre-se, o cristianismo cresceu mais rápido nos primeiros 300 anos de cristianismo. O que aconteceu nesses anos? Primeiro, os cristãos foram perseguidos. Em segundo lugar, era ilegal ser cristão. Terceiro, você não poderia adorar publicamente. Provavelmente você seria pregado em uma cruz, queimado em uma cruz ou dado como alimento a leões. Não havia prédios de igreja. Pense sobre isso. Nenhum edifício de igreja durante o período de crescimento mais rápido”, concluiu o pastor.





Gospel Mais

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here