O Brasil de Pelotas-RS manteve o bom momento na Série B do Campeonato Brasileiro ao vencer  em casa o Confiança-SE por 1 a 0, no último jogo das duas equipes este ano. Válida pela 31ª rodada, a partida foi disputada na tarde desta segunda-feira (27), no Estádio Bento Freitas, em Pelotas (RS).  Com a vitória, os donos da casa ingressaram na parte de cima da tabela: ocupam agora a 10ª posição, com com 43 pontos. Já os sergipanos perderam a quinta partida seguida e estão cada vez mais próximos da zona de rebaixamento (Z4). O Dragão sergipano é o 13º colocado, com 29 pontos, a apenas a quatro do Náutico-PE (17º), que abre o Z4.

O placar minguado não refletiu as boas chances de ambas as equipes.  Aos 20 minutos, o Confiança chegou com perigo quando o volante Rafael Vila pegou um rebote, deu um belo drible e concluiu de longe. Cinco minutos depois, os sergipanos chegaram mais uma vez. Em cobrança de falta, Guilherme Castilho bateu bem e a bola passou muito perto da trave do goleiro gaúcho. Na sequência, o Brasil de Pelotas perdeu duas chances no mesmo lance. Felipe Albuquerque pegou um rebote e chutou forte de fora da área, mas o goleiro Rafael Santos defendeu. Depois, Héverton pegou de primeira e Matheus Mancini salvou o Confiança.

Aos 44, Bruno Matias do Brasil ainda soltou uma bomba de longe. O goleiro Rafael do Dragão salvou. Na sobra, quase que Dellatorre fez. Mas, a arbitragem invalidou o lance por impedimento. E, na última jogada da etapa inicial, veio o gol. Em um contra-ataque muito bem feito, o Brasil de Pelotas balançou a rede com o meia Bruno José. Ele saiu com a bola dominada ainda do campo de defesa e, quando chegou na entrada da área do Confiança, bateu forte. A bola desviou na zaga e entrou.

O segundo tempo foi quase todo de pressão do Confiança em busca do empate. Aos dois minutos, Renan Gorne perdeu embaixo da trave. Aos seis, Guilherme Castilho chutou de longe: a bola desviou, bateu na trave e saiu. Aos 12, o Dragão sergipano não empatou por muito pouco. O atacante Ari Moura pegou um rebote de primeira e o zagueiro gaúcho salvou quase em cima da linha. Aos 37, o meia Alyson desperdiçou a melhor chance do Confiança. Ele roubou a bola do zagueiro do Brasil e ficou cara a cara com o goleiro Rafael Martins. Mas o meia afastou e mandou para fora. Houve muita reclamação sobre um possível pênalti. Só que o árbitro Thiago Duarte Peixoto confirmou apenas o tiro de meta. Depois, aos 44 minutos, o atacante Ari Moura tomou o segundo cartão amarelo e foi expulso. Assim a equipe sergipana perdeu forças e não conseguiu mais ameaçar. Aos 49, o atacante Luiz Henrique do Brasil de Pelotas ainda perdeu grande chance chutando na trave.

O Brasil de Pelotas volta a jogar no próximo domingo (3 de janeiro) contra a Chapecoense.na Arena Condá, em Chapecó (SC).  Já o Confiança encara o Náutico na segunda-feira (4), em um confronto direto para escapar do Z4. 





Fonte

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here